chilemuseus/exposiçõespraia

Arredores de Santiago do Chile – Viña del Mar e Valparaíso: dicas e roteiro

vina del mar

Atualizado em 25/10/2017

Se você estiver em Santiago do Chile e tiver um dia livre, vá para Viña del Mar e Valparaíso. Essas duas cidades são divididas por uma ponte. É tão perto que dá para ir de metro, de carro ou micro-ônibus local (os motoristas cobram o bilhete, pois não há cobrador). Também há táxi, alguns deles tem trajeto fixo e é coletivo, você paga somente a quantidade de paradas de ônibus / distância. Não se assuste se você pegar um assim (nós estávamos no ponto de ônibus e o taxi parou. Entramos e percebemos que era esse tipo de taxi, foi divertido a experiência).

Viña del Mar fica a 2 horas de ônibus ou carro de Santiago. Nós pegamos um ônibus na rodoviária de Santiago e chegamos na rodoviária central de Viña. Voltamos da mesma forma.

vina-del-mar

O que fazer em Viña del Mar

A principal e mais famosa atração de Viña del Mar é a praia. A praia mais famosa é a Reñaca, com o píer e os condomínios a beira mar.
O mar é o Oceano Pacífico e é super gelado em todas as épocas do ano, mas aproveite a oportunidade para colocar a mão na água, se for sua primeira vez (foi o nosso caso).

O calçadão é agradável e o píer de madeira é interessante. É uma paisagem diferente das praias brasileiras.

As pontas da praia é cheia de rochas e dependendo da época do ano, leões marinho descansam nessas pedras. É uma paisagem muito bacana e os animais são muito bonitos!!

Relógio de Flores

No centro, tem a praça do Relógio de Flores (Reloj de Flores), que é um dos principais ícones da cidade. A máquina do relógio foi um presente da Suíça, como parte das celebrações da Copa do Mundo do Chile em 1962, onde alguns jogos foram jogados lá. Inclusive o Brasil jogou a fase de grupos no estádio local.

Parque Quinta Vergara

Um passeio bacana é visitar o Parque Quinta Vergara. Esse parque é uma grande área verde, com jardins, museus e o anfiteatro para eventos. Esse anfiteatro recebe o Festival Internacional da Canção de Viña del Mar, que é realizado anualmente durante o mês de fevereiro com artistas de toda a America Latina.

Antes de ser parque, a Quinta Vergara era uma fazenda e foi comprada para ser moradia do comerciante Francisco Alvares. Sua esposa adorava plantas exóticas e começou a plantá-las em seu jardim. Com o tempo, o lugar foi passando para os herdeiros e Mercedes Alvares se casou com José Francisco Vergara, quem fundou a cidade em 1874. Em 1906, o terremoto destruiu o casarão e em 1910 foi construído o Palácio Vergara, a pedido da moradora Blanca Vergara, em estilo neo-gótico. Vale a visita!

Museo de Bellas Artes

O Museo de Bellas Artes, fica no primeiro andar do Palácio Vergara.
A coleção é formada por artistas europeus (principalmente italianos e espanhóis) e artistas chilenos, entre os séculos 17 e 19. Também tem uma área dedicada a família fundadora da cidade, com retratos e objetos.

Infelizmente o museu está fechado para reforma, pois foi muito danificado pelo terremoto de 2010.

Endereço: Errázuriz 563-596
Horários: de terça-feira a domingos de 10hs às 13h30 e de 15hs às 17h30.
Ingressos (2017): pago

Museo Fonck

Museu Fonck guarda os objetos arqueológico dos povos nativos e da história natural do Chile.
A entrada do museu é guardada por uma estátua Moai, da Ilha de Páscoa e já surpreende pelo tamanho. Curiosidade: só existe seis estátuas que estão fora da ilha.
No térreo ficam expostos objetos arqueológicos da cultura Rapa Nui – Ilha de Páscoa. São mais de 1400 peças e é o grande destaque do museu. Em outras salas ficam objetos dos povos Mapuche e Andinos.
No primeiro andar, fica a coleção com aves e mamíferos marinhos empalhados, insetos e fosseis encontrados nas diferentes regiões do país.

Endereço: 4 Norte 784
Horários: segunda-feira das 10hs às 14hs e de 15hs às 18hs / terça-feira a sábado 10hs às 18hs/ domingo e feriados 10hs às 14hs.
Ingressos (2017): pago

vina-del-mar-mapa

 

 

O que fazer em Valparaíso

A principal e mais famosa atração de Valparaíso é a casa de Pablo Neruda, chamada de La Sebastina. (além dessa casa, ele tem a La Chasmona em Santiago e a Isla Negra em El Quisco – ver sobre ela no final desse post).

A cidade é cheia de morros na beira do mar, são 42 morros e colinas, para subir para a parte alta, há 15 elevadores espalhados pela cidade. Nós usamos o Ascensor Artillería.

A cidade em si não tem muitos pontos turísticos. Sua arquitetura é bonita, mas algumas mal cuidadas.
A vista dos mirantes espalhados pela cidade são bacanas, ver o clima da cidade e o porto lá de cima é bacana.

Tome cuidado ao andar pelas ruas e becos, pois é um porto e muitas ruas são vazias e escuras ao entardecer.

La Sebastina

A casa recebeu o nome de La Sebastiana em homenagem ao seu primeiro dono e construtor: Dom Sebastián, que morreu em 1949 e deixou a casa inacabada.

Quando Pablo Neruda comprou a casa, achou que ela era muito grande e resolveu dividir com um casal de amigos. Os amigos moravam no subsolo, térreo, primeiro e segundo andares. Neruda morava no terceiro e quarto andares e na torre.
Por estar perto do mar, algumas janelas foram feitas em formato de claraboia de barco.
Está em exposição os objetos do poeta: coleção de mapas antigos, pinturas, relíquias do mar, peças curiosas, caixas de músicas, móveis dos anos 1950, obras de seus amigos.

Vá com sapato confortável, pois a casa tem muitas escadas. Mas o esforço vale a pena, pois a vista do último andar é muito bacana e dá para ver a baía e o mar.

A visitação pode ser feita com áudio-guias (disponível em português) e está incluso no valor do ingresso.
A casa tem visitação limitada por hora, então recomendamos que você vá de manhã para garantir a sua entrada.
Não pode tirar foto dentro do museu.

Além do museu, tem um café e uma lojinha.

Endereço: Ferrari, 692
Horários: terça à domingo, das 10h às 18h (de março a dezembro), e das 10h às 19h (janeiro e fevereiro) / fecha na segunda-feira
Ingressos (2017): pago

Ascensores

Ir a Valparaíso e não subir no ascensor (elevador) é como ir a Salvador e não ir no Elevador Lacerda. O preço do passe é acessível, pois é um meio de transporte para os locais subirem para a parte alta. Há 16 ascensores espalhados pela cidade. Escolhemos o ascensor Artillería, pois lá em cima tem o mirante Paseo 21 de Mayo (é um dos principais da cidade) com vista privilegiada da baía. Na tarde que fomos, tinha uma feira com artesanato local.

O elevador é todo de madeira (como outros ascensores na cidade) e foi inaugurado em 1893. O sistema funciona com dois vagões, enquanto um desce o outro sobe.

Endereço: Ascensor Artillería – ligação entre Plaza Wellright – Paseo 21 de Mayo
Passagem: paga

 

Outra casa de Neruda: Isla Negra

Mais um pouco ao sul, na cidade El Quisco, tem a Casa de Isla Negra, onde Pablo Neruda passava a maior parte do tempo. Não fomos nessa casa, pois não deu tempo (uma pena!), mas ficamos com vontade de conhecê-la.

O poeta deu esse nome a casa por causa da cor das rochas e talvez porque ali é um lugar para se isolar para escrever.
Está exposto objetos ligados ao mar, como pedaços de proa, réplicas de veleiros, barcos dentro de garrafas, conchas, mapas, entre outras coisas. Também tem coleção de garrafas de formas estranhas, máscara, sapatos antigos e pipas.

Neruda e sua esposa Matilde Urrutia estão enterrados aqui, seus restos mortais foram trazidos em 1992. Neruda deixou escrito em um poema que gostaria de ser enterrado ali:
“Compañeros, enterradme en Isla Negra, / frente al mar que conozco, a cada área rugosa de piedras/ y de olas que mis ojos perdidos/ no volverán a ver…”

Endereço: calle Poeta Neruda s/n, Isla Negra, El Quisco
Horários: terça à domingo – das 10h às 18h / fecha na segunda-feira
Ingressos: somente com visita guiada

 


Vai Viajar?

Já reservou o seu Hotel? Nós usamos e recomendamos o Booking, site para reservas de hotéis, com opções em todos os lugares do mundo e com diversos preços. Faça a sua reserva de hotel através do nosso link.

Não esqueça do Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa (Tratado de Schengen). Mesmo em outros países, é importante ter a assistência médica para casos de emergência.
Você pode parcelar em até 12x no cartão de crédito ou receber o desconto de 5% no boleto! Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAGEMLADOB5

Vai alugar um carro? Temos parceria com a RentCars. Você paga em Reais e sem cobrança de IOF! Você pode pagar no cartão de crédito parcelado, ou receber desconto no boleto bancário!

Reservando com os nossos parceiros, você nos ajuda a manter o blog e a criar mais conteúdo!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O melhor do Lado B
Parques em Londres
National Gallery - Londres
Biergarten Berlim - Pratergarten
Rothenburg ob der Tauber
igreja saint sulpice paris praca