Roteiro de 1 dia em Heidelberg, na Alemanha

Veja os lugares imperdíveis para visitar em um dia em Heidelberg. Essa cidade é super charmosa, com um castelo no topo da montanha, o rio Neckar que corta a cidade, uma linda ponte e casas com telhado vermelho. Lá fica a mais antiga e famosa universidade do país. Realmente a cidade tem um clima universitário e jovem. Não é para menos, ela é uma das cidades mais visitadas na Alemanha.

Heidelberg - CasteloEla fica no sul do país, a 90 km ao sul de Frankfurt. A estação de trem é perto do centro histórico. Chegar de carro também é fácil, procure os bolsões de estacionamento.

Castelo (Schloss Heidelberg)

O castelo Schloss Heidelberg é a estrela da cidade, recebe em torno de 1 milhão de visitantes por ano. Ele foi construído por volta do ano de 1300 e está a 70 metros acima do rio. É possível vê-lo de vários pontos da cidade, e a vista lá de cima é super bonita.

Ele foi construído como uma fortaleza, com torres e fossos para impedir invasões. Com o tempo foram feitas modificações e ampliações e ele se tornou um palácio de arquitetura renascentista, com pedra de cor rosa-avermelhada e com muitas esculturas dos reis em tamanho natural.

No complexo do castelo tem capela, sala para audiências e sala imperial, quartos e uma adega. Na adega, que na verdade é um prédio anexo (em estilo gótico) do castelo está o maior barril do mundo. Ele foi fabricado com troncos de 130 carvalhos e tem capacidade para 220 mil litros de vinho.

No final do século 17, o castelo foi atacado inúmeras vezes pelo exército francês, deixando a torre parcialmente destruída, que ainda podemos ver. No ano de 1764, o castelo foi atingido por raios e parte da construção pegou fogo, ficando em ruínas.

Para chegar lá em cima é possível ir a pé ou com trem / funicular. O caminho a pé tem degraus e demora uns 10 minutos. Já de funicular é mais rápido,você embarca na estação Bergbahn e desce na estação Schloss (palácio).

Informações: o castelo fica aberto das 8h às 18h (última entrada às 17h30).
Algumas áreas tem acesso gratuito. Área interna do castelo, adega e Museu da Farmácia são pagos.

Centro (Aldstadt)

Andar pelo centro histórico é super bacana. Ali fica a praça Marktplatz que é super charmosa, com uma fonte central, cercada de casarões antigos, cafés, restaurantes, lojinhas e a Igreja do Espírito Santo – Heiliggeistkirche. Nessa praça acontece a feira de natal, no mês de dezembro.

A Igreja Heiliggeistkirche foi construída em estilo gótico, no século 15 e fica no meio da praça. Ela foi construída como igreja católica, mas durante os séculos ora ela foi católica, ora protestante. Atualmente ela é protestante. Para entrar na igreja tem ingresso pago.

Uma outra praça bacana é a Kornmarkt, nela fica uma fonte com uma estátua (madona e anjos) do ano de 1718. Desta praça é possível tirar fotos do castelo de um ângulo bem legal.

Nessa praça também tem barracas da feira de natal, no mês de dezembro.

Se perder pelas ruas, parar para tomar um café ou comer algo faz parte da experiência.

Caminho dos filósofos (Philosophenweg)

Uma trilha super bacana é a Philosophenweg, ela fica na margem oposta do castelo. Dela se tem uma vista linda do centro histórico, do castelo e da ponte. Mas vá com tempo, pois a trilha leva por volta de 30 minutos para subir até o topo. A trilha começa ao lado da ponte velha, passa por árvores, arbustos e pequenos vinhedos. Há diversos mirantes e bancos para descansar espalhados pelo caminho.

Esse caminho tem esse nome porque muitos professores da universidade, filósofos e poetas andavam por ali.

Ponte velha (Alte Brücke)

Essa ponte tem 200 metros de extensão e foi construída em 1786-88, com o mesmo tipo de pedra rosa do castelo. Ela conecta o centro histórico (cidade antiga) a margem oposta.

Na entrada da ponte tem o portão Bruckentor, que é super bacana e um dos cartões postais da cidade. Esse portão fazia parte do muro de proteção que circundava da cidade.

Perto do portão, tem uma escultura de metal de um macaco segurando um espelho ao lado de um camundongo. Ela foi colocada lá em 1979, no lugar de uma estátua original do século 17, que desapareceu no mesmo século.

Diz a lenda que se você passar a mão no espelho, atrai fortuna, se tocar nos dedos do macaco você irá retornar a Heidelberg e se você tocar no camundongo, você terá muitos filhos. Vai saber qual delas é verdade…

Acontece vários eventos em Heidelberg durante o ano:

Um dos mais famosos é o The legendary Castle Illuminations que todo ano, um dia em junho, julho e setembro, os fogos iluminam o céu e o castelo. Os fogos vermelhos simbolizam as tropas francesas bombardeando o castelo, entre os anos de 1689 a 1693, deixando-o em ruínas.

Em dezembro tem a feira de natal, super tradicional em toda a Alemanha. Com muitas barracas de comidas e presentes.
Veja os eventos no site heidelberg-event

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *