Mosteiro dos Jerónimos e Pastéis de Belém em Lisboa – Portugal

Mosteiro dos Jerónimos e Pastéis de Belém

Belém é um bairro conhecido por abrigar postos turísticos famosos de Lisboa, como Mosteiro dos Jerónimos. Falando em Belém, lembra-se dos pasteizinhos deliciosos de lá…

Para chegar nessa área, tem o bonde (ou como é chamado lá, elétrico) e ponto 15 (todos os turistas descem) é muito perto do mosteiro e da doceria. Depois vá a pé até a Torre de Belém. O calçadão e vista do mar compensam.

O Mosteiro dos Jerónimos

O mosteiro de Santa Maria de Belém foi construído em meados do século XV, pelo rei D.Manuel I e foi  doado aos monges da Ordem de São Jerónimo, ficando conhecido como Mosteiro dos Jerónimos.

A arquitetura é em estilo manuelino (uma mistura de símbolos religiosos, elementos reais e naturalistas). Os detalhes, o jardim interno, as paredes, as portas, o confessionário… tudo é muito bonito.

Na ala norte, de frente para o jardim interno está enterrado o poeta Fernando Pessoa, é super fácil de ver.

Ao lado, tem a igreja de Santa Maria de Belém, foi construída em forma de cruz. Os vitrais são maravilhosos!

Lá estão os túmulos do escritor Luís de Camões (à direita, quando se entra) e de Vasco da Gama (à esquerda, quando se entra).

Não é permitida a visitação durante as missas, então às vezes há filas para entrar.

Endereço: Rua Jerónimos, 3 – Praça do Império.

Pastéis de Belém

Ah, e como não falar dos pasteizinhos de Belém… Este nome só pode ser utilizado pela doceria Pastéis de Belém, os outros são chamados de pastéis de nata.

Os pastéis eram feitos pelos monge do Mosteiro dos Jerónimos. Em 1820, ocorreu a revolução Liberal, os conventos foram fechados e o clero expulso. Com isso, numa tentativa de sobrevivência, alguém do mosteiro (como diz no site) pôs a venda  o doce, que logo foi chamado de Pastéis de Belém.

Em 1837, essa doceria começa a fabricar os pastéis doces de acordo com a receita secreta vinda do convento. A receita continua igual e se mantém secreta, inclusive há uma sala que tem a placa: oficina do segredo.

Sempre há filas enormes na frente da doceria, mas vale a pena. Se a espera não for longa, tente tomar um café junto com o doce no salão, dentro da doceria. Se não for possível, compre os doces e coma enquanto estão quentes. Realmente, esses pastéis são deliciosos! Ah, e compre mais de um, não dá para resistir.

Endereço: Rua de Belém, 84 a 92

pastéis de belém

 

No Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *