Monumento aos Descobrimentos e Torre de Belém em Lisboa – Portugal

Falando de mais dois pontos turísticos em Belém…

Monumento aos Descobrimentos

O monumento fica na mesma direção do Mosteiro do Jerónimos, no calçadão a beira do rio Tejo.

Ele foi construído para homenagear os descobrimentos portugueses. Ele tem a forma de uma caravela estilizada, com o escudo de Portugal nos lados e a espada da Casa Real de Avis sobre a entrada. D. Henrique, o Navegador, ergue-se à proa, com uma caravela nas mãos. Em duas filas descendentes, de cada lado do monumento, estão as estátuas de heróis portugueses ligados aos Descobrimentos. No chão há uma rosa dos ventos de 50 metros de diâmetro e um mapa mostrando as rotas dos descobrimentos nos séculos XV e XVI.

O monumento tem no topo há um mirante, paga-se para subir. (Dica: se você quer economizar, vá no andar mais alto da Torre de Belém, pois a vista é quase a mesma).

monumento descobrimentos

A Torre de Belém

A Torre de Belém é um dos símbolos da cidade. Tente ir em um dia com sol e vá preparado para subir escadas.

Ele foi construída na margem do rio Tejo, entre 1514 e 1520, para defender Lisboa. Na época da construção, havia uma praia e a torre ficava sobre um rochedo. Hoje a torre está em terra firme.

Para chegar na torre, é necessário passar por uma ponte levadiça. Na estrutura da torre, se distingue duas partes: a torre de tradição medieval, com quatro salas abobadadas, e o baluarte, de concepção moderna.

A porta principal fica no nível baluarte. Subindo a escada, chega-se ao terraço. Há guaritas nas pontas, que serviam de proteção. A vista do mar é linda. Bom lugar para tirar fotos.

A construção é em estilo manuelino, com influências islâmicas e orientais nos elementos decorativos, sendo as cúpulas de gomos que cobrem as guaritas um dos exemplos mais marcantes. Decorado com o brasão de armas de Portugal, cruzes da Ordem de Cristo, nós e cordas, um rinoceronte, elementos alusivos as navegações.

A torre quadrangular tem 5 pavimentos, acima do baluarte: primeiro – sala do governador, segundo – sala dos reis (com teto elíptico e fogão ornamentado com meias-esferas), terceiro – sala de audiência, quarto – capela e quinto – terraço. (Atenção: a escada para subir ao terraço é pequena, estreita e sempre cheia de turistas. Vá preparado!)

Endereço: Avenida Brasília, 1400.

No Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *