Lisboa – Principais pontos turísticos

Conheça um ótimo roteiro para fazer em Lisboa! Visite os principais pontos turísticos como o Castelo de São Jorge, a rua Augusta, o Elevador de Santa Justa, a Catedral da Sé de Lisboa – Igreja de Santa Maria Maior, Igreja de Santo Antônio e passeie no histórico e charmoso Bondinho 28.

lisboa arcoEstar em Lisboa é se sentir em casa, um pedaço do Brasil na Europa… é diferente do resto do velho continente, as padarias, os pãezinhos, os botecos, o clima, o rio, os ladrilhos de pedra portuguesa, os azulejos… Claro, não podemos esquecer dos pasteizinhos de Belém.

Visitar Lisboa é conhecer parte da nossa história e perceber como somos parecidos. A cidade fica nas sete colinas, é um sobe de desce pelas ruas.

Dica: Os ladrilhos de pedra portuguesa são escorregadias e há muitas subidas e descidas. Vá com sapato com solado que não escorregue muito.

O que fazer em Lisboa:

Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge fica no topo de uma das colinas da cidade. Ele foi construído pelos Mouros como uma fortificação militar no século 11, diferente de outros castelos que serviam como moradia para os reis. Depois da conquista por D. Afonso Henriques (primeiro rei de Portugal), o castelo foi reformado e adaptado para acolher o rei e a corte. Quando Portugal se torna parte da Coroa da Espanha em 1580, o castelo volta a ter mais funções militares.

lisboa vista tejo casteloDepois do terremoto de 1755, muitas partes foram destruídas e ruínas mais antigas apareceram.

Passear pelo castelo é ver os vestígios de todas essas épocas e dos habitantes que passaram ali. O castelo tem 11 torres para observação, praças internas, vestígios de construções antigas, uma cisterna, entre outras coisas.

Há uma exposição permanente contanto a história de Lisboa.

A vista lá de cima é privilegiada!

Endereço do Castelo de São Jorge: Rua de Santa Cruz.

Rua Augusta

Na Baixa Pombalina se concentra o centro comercial da cidade, com muitas lojas, padarias e cafés. Muitas ruas são calçadões somente para pedestres, inclusive a Rua Augusta.

Essa é a rua principal da Baixa, unindo a Praça do Correio, que dá na margem do rio, até a Praça do Rossio / D. Pedro IV.

A Praça do Correio é um grande espaço com o arco da Rua Augusta de um lado e o Terreiro do Paço com rio Tejo do outro. Ali a brisa é constante e a vista linda. Nos dois lados há prédios imponentes e uma estátua no centro.

Praça do Rossio é um lugar amplo cercado de lojas e prédios históricos. No centro há bancos e artistas de rua.

Na Rua Augusta, quase na esquina com a Rua do Comércio, fica o MUDE – Museu do Design e da Moda. Vale a pena dar uma passada lá, sempre há exposições interessantes.

Elevador de Santa Justa

A cidade se separa em Baixa e Alta. Uma das ligações entre elas é feita através do Elevador de Santa Justa.

No topo há uma bela vista das ruas da Baixa e do Castelo de São Jorge. Esse elevador vertical tem 45 metros de altura e é um transporte público, (como acontece também com o Elevador Lacerda em Salvador). Ele foi projetado por Raoul Mesnier du Ponsard, que era um discípulo de Gustave Eiffel, e com isso o criou com o mesmo estilo arquitetônico da Torre Eiffel (de Paris) com ferro fundido e arcos lindíssimos.

lisboa elevador santa justaEle foi inaugurado em 1902, e em 2002, o elevador virou monumento nacional.

Endereço do Elevador de Santa Justa: Rua de Santa Justa (uma travessa da Rua Augusta).

Catedral da Sé de Lisboa – Igreja de Santa Maria Maior

A construção da catedral começou na metade do século 12, após a retomada da cidade pelo rei de Portugal dos Mouros.

Ela foi construída em estilo românico e foi terminada no século 13, mas devido a diversos terremotos, principalmente o de 1755, vários estilos arquitetônicos foram adicionados a cada reconstrução ou ampliação do prédio.

lisboa catedral séPerto da entrada fica a ala decorada e pintada com azulejos brancos e azuis dedicada a Santo Antonio, contando episódios de sua vida.

A catedral fica em uma das ladeiras que saem da Rua Augusta.

Endereço da Catedral da Sé de Lisboa – Igreja de Santa Maria Maior: Largo da Sé

Igreja de Santo Antonio

Santo Antonio é o padroeiro da cidade e sua igreja é muito frequentada pelos moradores.

A igreja de Santo Antonio fica ao lado da Catedral da Sé, e ela foi construída no local da casa onde o santo nasceu e viveu sua infância.

A cripta fica no local em que ele nasceu, lá fica uma relíquia do santo (um pedaço de seu osso) e parte das fundações da antiga igreja. Essa igreja foi construída em 1757, depois do terremoto de 1755 que destruiu grande parte de Lisboa e da igreja antiga, em estilo manuelino e neoclássico.

Endereço: R. Pedras Negras 1

Bondinho 28

Lisboa ainda conserva os bondes elétricos antigos. É possível fazer alguns trajetos que saem de vários pontos do centro da cidade. O mais famoso é o elétrico 28, como é chamado pelos lisboetas, é amarelo por fora e forrado de madeira por dentro.

lisboa bonde elétrico 28O trajeto sai da Praça Martim Moniz e vai até Prazeres. O bonde passa pelo bairro da Graça, pelo mosteiro de São Vicente de Fora, por algumas das ruas e praças da zona medieval da Alfama, pelo o Castelo de São Jorge, pelo Miradouro Santa Luzia, pela Catedral de Lisboa e pela Igreja de Santo António, desce pela Baixa Pombalina. Depois sobre  para o Chiado, vai indo até o ponto final.

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *