diversospraia

Dicas para viajar com bebê (até 2 anos)

Dicas de viagem de avião com bebê

Viagem Lado B (B de bebê)

Viajar com bebê  é sempre complicado e exige bastante planejamento. Fomos viajar de avião primeira vez com o nosso bebê de 1 ano e 3 meses e ficamos preocupados como ele reagiria e o que levar. Depois de muita pesquisa na internet e de amigos, decidimos escrever uma lista com as dicas que deram certo na nossa viagem. Veja as dicas para viajar de avião com bebê (até 2 anos) e o que levar na viagem.

O que fazer antes do embarque com bebês

1 – Documento da criança
Viagem nacional: RG ou certidão de nascimento
Viagem internacional: passaporte

2 – Poltrona no avião
– No check-in, perguntar se o assento com mais espaço está livre.
Como fizemos voo doméstico, os assentos mais espaçosos ficavam nas saídas de emergência e bebê não pode ficar lá.
– Perguntar se tem alguma poltrona que tenha um assento livre ao lado, e, se possível, solicitar a troca de poltrona. Pois assim você fica com um pouco mais de espaço para segurar a “fera” rs.

3 – Carrinho de bebê
No check-in, solicitamos embarcar o carrinho dentro do avião, para que quando chegássemos ao destino, o carrinho já estaria na porta da aeronave. Foi super fácil!

Dicas de viagem de avião com bebê

Dentro do avião com crianças e o que levar mala de mão

4 – Dormir no avião
O ideal é que o bebê durma durante o voo, pois o espaço é pequeno e é difícil ficar controlando a criança, ele vai querer mexer em tudo.
Uma dica é tentar deixar a criança andar antes de entrar no avião, para se cansar um pouco.

5 – Levar um brinquedo novo e um brinquedo pequeno que ele goste (que não faça barulho)
O interessante do brinquedo novo é que a criança irá explorar e ficará distraída por algum tempo.
Levamos um brinquedo antigo e demos para ele depois que ele se cansou do novo.
Também vale um tablet com vídeos que a criança goste.

6 – Mala de mão
– Prefira usar mochila, assim você fica com as mãos livres.
– Mamadeira vazia com leite fórmula.
– Copo vazio para água.
Em voo doméstico no Brasil, eles permitem embarcar com mamadeira vazia maior que 100ml. Pedimos água quente dentro do avião para os comissários de bordo.
Em viagens internacionais, há regras diferentes em cada país. Verifique as informações antes do embarque.
– Comida.
Embarcamos com papinha pronta fechada (salgada e fruta), uma quantidade suficiente para o voo (há regras diferentes em cada país, é importante checar se é permitido). Também levamos biscoitos.
– Uma troca de roupa.
– Uma blusa de manga comprida.
– Fraldas descartáveis, lenços umedecidos e trocador pequeno ou algo para forrar.
– Um cobertor ou lençol, pois o ar-condicionado é frio.

7 – Dores no ouvido
Quando o avião levanta voo e pousa, sentimos uma pressão no ouvido. Para diminuir o incomodo no ouvido, dê algo para o bebê chupar como chupeta e mamadeira. Nosso bebê ficou com a chupeta e não sentiu incomodo.

No destino

É muito importante ter em mente as condições climáticas do seu destino e checar a previsão do tempo no período em que vocês vão estar por lá. No nosso caso, nós fomos para a praia, no verão.

Mala para praia e piscina

8 – Copo para água e copo para suco
Normalmente nós viajamos bem light, com pouca coisa, talvez por isso achamos que estávamos levando copo a mais, que um só já resolveria, mas foi bom ter levado dois, pois o lugar era muito quente e ele bebia muito líquido. Também porque o copo de suco fica com gosto e interfere no gosto da água.
É bom levar uma bolsinha térmica pequena para guardar o suco e água e manter a temperatura dos líquidos.

9 – Papinhas prontas fechada (salgada e de fruta)
Nosso bebê come de tudo, mas, como prevenção, sempre tínhamos dois potes de papinha caso ele ficasse com fome fora do horário do almoço e janta, ou se ele recusasse algum alimento diferente. Levamos a quantidade para os primeiros dias e compramos outras na cidade.

10 – Camiseta com proteção UV e chapéu
Essa dica vale principalmente para lugares com muito sol, como praia por exemplo.
A nossa maior preocupação foi o bebê tomar sol, já que o sol do verão é super forte. Ele usou uma camiseta com proteção solar UV +50 e foi ótimo!
Sabemos como as crianças adoram ficar na água e explorar os lugares, esse tipo de camiseta protege super bem. Com essa camiseta ficamos despreocupados, mas sempre atentos aos horário de pico do sol, evitando-o entre as 10h e 16h.

Dicas de viagem com bebê - Camiseta com proteção UV

11 – Protetor solar
Vale pegar indicação com o seu pediatra, e levar protetor solar específico para bebês.

12 – Repelente contra mosquitos
Lembre-se de levar o repelente (específico para bebês) no caso de viajar para lugares onde você sabe que tem mosquitos e pernilongos.

13 – Remédios
Não esquecer de pegar remédios para febre, dores entre outros que o bebê costuma tomar.

Por precaução, carregue com você o endereço e o telefone do centro de saúde mais próximo do seu hotel.

14 – Fralda apropriada para piscina / mar
Nosso bebê usou esses modelos de fraldas para piscina e mar, vale a pena levar um pacote.

15 – Roupas e sapatos diversos
Calcular bem a quantidade de roupas para levar na viagem, pois não é todo lugar que você vai conseguir lavá-las.  Normalmente, até essa idade, os bebês não costumam andar muito de calçados (que é o caso do nosso), então é interessante levar alguns calçados bem confortáveis para fazer um rodízio e não machucar os pés.

16 – Toalha com touca, se couber na mala
É bom levar essas toalhas com touca para tirar o bebê da piscina ou mar.

17 – Brinquedos pequenos para a praia e piscina
Afinal, criança está lá para se divertir, não é?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O melhor do Lado B
Parques em Londres
National Gallery - Londres
Biergarten Berlim - Pratergarten
Rothenburg ob der Tauber
igreja saint sulpice paris praca