A Berlim de David Bowie

Berlim e David Bowie estão interligados. Bowie morou na cidade por 3 anos e isso influenciou sua música e sua vida. Surpreenda-se com o roteiro de lugares onde David Bowie viveu nessa cidade, o apartamento que ele viveu, o café e o estúdio Hansa que ele frequentava.

Thin White Duke

Muitas pessoas se esquecem que Berlim faz parte da história do rock’n’roll, pois David Bowie na sua fase Thin White Duke morou lá de 1976 a 1978, que resultou em 3 álbuns conhecido como Triologia de Berlim (Berlin Trilogy): Low, Heroes e Lodger.

Berlim o influenciou de várias maneiras nesse período, há citações de lugares em algumas letras. Durante esse tempo, ele escutava música das bandas alemãs, como Kraftwerk.

A faixa instrumental Neuköln (do álbum Heroes de 1977) é um bairro ao sul da cidade, que tem grande influência turca. Atualmente é um bairro cheio de bares e restaurantes, vale a pena comer um sanduíche de falafel e doces folhados baklava.

Berlim - Hansa Studios

Hansa Studio

No estúdio Hansa, Bowie gravou várias músicas e os discos. O estúdio fica na rua Köthener Strasse 38, próximo a Potsdamer Platz. Hoje essa praça tem um pedaço do muro e é cheio de turistas, mas no passado o muro cortava a praça e era cheio torres de vigilância. O Bowie via o muro da janela do estúdio, pois ficava a uns 100 metros dali. Ele descreve essa área na música Heroes: “I, I can remember, standing by the Wall, and the guns shot above our heads, and we kissed as though nothing could fall”.

Nesse estúdio foram gravados os discos Low e Heroes. Também foi gravada a música The Passenger pelo Iggy Pop e Bowie, que é uma ode ao sistema do metro de Berlim (S-Bahn).

O Hansa também gravou para outras bandas como Depeche Mode, U2, R.E.M.. Veja os discos gravados lá. É possível agendar visitas ao estúdio, no site hansatonstudio.de

Apartamento e café

Bowie procura ser anônimo e buscava tranquilidade em Berlim, pois nessa época ele já era bastante conhecido. Nesses 3 anos, David morou em um apartamento na rua Hauptstrasse 155. O Iggy Pop morava no mesmo prédio, mas no apartamento ao lado (não se sabe ao certo, muitas pessoas acreditam que eles moravam no mesmo apto).

Apartamento de David Bowie em BerlimEles frequentavam o café Neues Ufer, a algumas portas dali, na Hauptstrasse 157. Nos anos 1970, esse café se chamava Anderes Ufer, tradução literal seria “outra margem” ou “outro lado”, pois ele era um dos primeiros bares abertamente gay da Europa. Dentro do bar tem umas fotos do cantor.

Café Neues Ufer - Berlim David Bowie

Um outro lugar marcante, para a cidade e para Bowie é o Portão de Brandemburgo. Ali, de frente para a Platz der Republik, em frente ao prédio do parlamento alemão, o cantor voltou na cidade e fez o show Concert for Berlim Festival, em 1987. Como o palco ficou perto do muro, os berlinenses orientais ouviram o show também.

Baladas

Uma balada famosa nos anos 1970 era o clube Dschungel e era um dos lugares favoritos do Bowie e Iggy. Hoje em dia é o Hotel Ellington e regularmente tem apresentações de jazz. O prédio super bonito foi construído no final dos anos 1920 em estilo art déco. Bowie cita esse clube na música “Where Are We Now?”, de 2013.
Endereço: Nürnberger Strasse 50/ 55 – Metro: U-Bahn: Linha: U3, estação Augsburger Strasse.

Outra balada frequentada pela dupla era o SO36 club (http://so36.de/ -em alemão). O nome vem da área SO de Südost (sudoeste) e do CEP.
Nos anos 1970, esse clube tocava bandas punk e tinha performances artísticas. Ele funciona até hoje, com apresentações de novos artistas e performances experimentais.
Endereço: Oranien Strasse perto da Heinrichplatz, no bairro Kreuzberg – Metro: U-Bahn: Linha: U1, estação Görlitzer Bahnhof

Se você gosta do camaleão do rock, deve dar uma passada nesses lugares históricos.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *